Sign my guestbook, pawease!! :)

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Treino com trela

Tal como a Pipa já tinha prometido num post anterior, aqui estou eu para dizer qualquer coisinha sobre o treino com trela. Ou melhor, sobre a necessidade do mesmo...
A Pipa, pura e simplesmente, recusava-se a andar com a primeira trela curta. Prostrava-se no chão, deitada e ninguém a arrastava do sítio. Complicado, quando falamos de um cão com 8, 9, 10 semanas. Cada pequeno passeio depressa se tornava num pequeno pesadelo... ela puxava, puxava, puxava a trela e a velha técnica de parar de cada vez que isso acontecia ou seguir em sentido diferente fazia com que, ao fim de 10 minutos, já estivessem donos e cão com vontade de ir para casa.
A solução de compromisso foi arranjar uma trela-guia, de 10 metros, em nylon. São trela normalmente usadas para ensinar os cachorros a obecerem ao comando ANDA CÁ. Desviámo-nos um bocadinho desse objectivo, porque a Pipa está naquela fase de desvario-desgoverno na rua, parece que fica subitamente surda e deixa de ouvir todos os sons que eu ou o João possamos emitir. Certo é que nunca mais usámos a outra e temos conseguido dar-lhe algum espaço de manobra. Vamos ver como vai ser a (re)transição para a outra, já que ela habituou-se a andar com alguma distância de nós.
Andamos a pensar pô-la numa escola de treino, hipótese que está neste preciso momento em discussão familiar.
Encontram-se, para variar, sites interessantes na net... como este.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

... não mudam mesmo ... !


Como podem ver, nem na esplanada do café, a ver as vistas, a Pipa prescinde da sua pose de frango-assado...


segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Coisas que não mudam

Desde que cá está em casa que a Pipa manteve a sua forma de descansar e de dormir muito peculiar.
Fica com as patas de trás todas espalmadas contra o chão e dobra as da frente para dentro, tal qual um frango assado! :)
Como adora dormir no hall de entrada e já está muito grande, parece um tapete!
Espreitem um bocadito da continuidade evolutiva.



... aos 2 meses parecia um frango assado pequenino...

... aos 3 meses, um frango-assado-em-exposição-na-montra (aguentava-se a brincar assim que tempos, uma autêntica ginasta)...

... aos 4 meses um frango assado que já vai impondo o seu respeito ...



,

sábado, 16 de agosto de 2008

Os meus brinquedos

Aqui há uns tempos mostrei-vos aquele que, na altura, era o meu brinquedo preferido, um osso barulhento que a Mimi me deu.
Está na hora de vos mostrar os meus outros brinquedos preferidos. Aproveito e mostro, nas fotos, o mais recente truque que a minha dona-Pastor-Alemão me ensinou: o SENTA e o FICA, mas com um brinquedo na boca.
Ora vejam:


Este é o Sr. Galo, que o Pai da dona-Pastor-Alemão me deu (eu adooooro o Pai da Pastor-Alemão, ele brinca muito comigo e deixa-me fazer muita coisa que os meus donos não deixam, inclusivé morder-lhe as orelhas).


Este é o Senhor-Congelado, porque dá para meter no frigorífico... fica gelado e é um espectáculo para os meus dentes! Foi a Mimi que me deu. Já viram, as coisas que inventam pró pessoal que ladra?

Este foi o brinquedo que a Marta, a dona do Amadeu, me deu quando eu cheguei de viagem.

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Gosto de passear à noite (e de fazer luta livre com a trela)

Pois é.
Giro, giro, giro, giro, mas mêmo giro, é sair à noite à rua e, no final, subir para cima de um patamar de cimento que prezo muito e brincar com o meu dono, de uma forma dedicada, mas sobretudo, totalmente desgovernada.
Ando às voltas em cima do patamar, tento morder o meu dono (o Grand Danois gosta muito de me ver correr, absolutamente destrambelhada, de um lado para o outro, ri-se à brava.... não percebo porquê...), ele empurra-me, brincamos muito e depois, no fim, numa apoteose avassaladora, ele deixa-me brincar sozinha com a minha trela de 10 metros (sim, 10 metros... a Pastor-Alemão depois explica-vos, num daqueles posts entediantes sobre coisas caninas que ela costuma pôr aqui... dão-me cá um sono...).
Eu até tenho uma relação pacífica, de verdadeiro compromisso, com a trela-vermelha-dos-10-metros. É muito melhor que outra, demasiado curtinha, que os meus donos usam. Com a trela-vermelha-dos-10-metros, eu posso correr mais, andar mais e explorar mais. Não percebo porque é que não me soltam, era mais fácil... eu sei que desato a correr como se não houvesse amanhã e depois é muito difícil apanhar-me, mas booolas... correr fazia-lhes bem! De qualquer forma, eu já fico contente de ver a figura de tótós que os meus donos fazem, com uma trela de 10 metros toda enrolada na mão, e ainda por cima VERMELHA. Ehehehehehe... sobretudo quando eu me sento,levanto,corro e paro, quase tudo ao mesmo tempo e fico completamente embrulhada na trela e nos pés deles... um fartote.
Isto de ser dono não deve ser fácil. Ainda bem que eu sou o cão.
Bem, atentem na reportagem fotográfica:



... eu até estava sossegada, o Grand Danois é que me provocou, viram, viram?!?!...

... corro às voltas e às voltas e às voltas e às voltas, até ficar tonta...

... e mais voltas e mais voltas e mais voltas e.....

... faço luta livre com a trela até lhe mostrar quem manda...


... ganhei! ganhei!... agora tou é toda embrulhada... ó diabo...


... cof cof... se alguém pudesse vir aqui desenrolar-me, era porreiro, pá...


... eh, pá, preciso mesmo de descansar... acho que me tá a doer a cabeça...

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Um AUF especial


Este post é só para mandar um AUF! especial para a Tia Cilita e para o Tio Picci.

Eles sabem porquê. :)

AUF!

Um passeio grande no (tal) Parque

P-a-s-s-e-i-o! P-a-s-s-e-i-o!
Hoje fomos dar um passeio grande no meu Parque preferido.
Que festa!
Eu estou naquela fase a que se costuma chamar a fase-do-aspirador. Apanho tudo do chão e tento comer tudo, sem grandes preocupações de exigência: erva, pedras, guardanapos, pauzinhos, bocadinhos de cimento, tudo!
Só tenho pena de andar sempre pela trela, é uma chatice. Não pude atirar-me à água e ir nadar ao pé dos patos e de um cisne lindo que por lá anda. Enfim. Não se pode ter tudo.
Quando cheguei a casa estava tão cansada que me estatelei logo no hall de entrada do prédio, para dormir.
Uma tarde em cheio! :)








terça-feira, 12 de agosto de 2008

Irrrrra, que é chata!

A minha dona é aquilo a que na gíria se costuma chamar uma-valente-melga, sempre a tirar-me fotos, mesmo nos meus momentos de maior introspecção. Já nem a posso ver de máquina fotográfica na mão!


sábado, 9 de agosto de 2008

O meu Kong

O meu Kong chegou!
É uma coisa vermelha de um formato esquisito. Os meus donos põem lá guloseimas dentro, bocadinhos de ração... às vezes, congelam lá dentro água junto comas guloseimas... depois, é suposto eu passar algum tempo a tentar tirar tudo lá de dentro. Uma festa!
Adorei!







quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Manual do cão

Inscrevi a Pipa no www.dogster.com e eis senão quando, enquanto bisbilhotava o site, descubro... isto. Estive para comprar este Manual!

Boas consultas! :)

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Eu e o Pedroco-Bazaroco

Aufs, pessoal!
Hoje foi um dia tããããooo giro!
Fui a casa da Maf. e do Alex. e fartei-me de brincar!
Persegui o Pedroco-Bazaroco, que se ria a bandeiras despregadas - e confirmei aquilo de que já desconfiava: adoro crianças. Brinquei com a Mimi, comi relva, tentei estragar as plantas e comi um bocadinho de um brinquedo do Pedroco... um fartote! :)



Petness - loja online


Já há algum tempo que andava à procura de um brinquedo muito engraçado que vi na Net, para a Pipa.

Os "amaricanos" Têm cerca de 34353637383 sites de pet supplies e em quase todos há uns brinquedos chamados KONG's (aliás, KONG é mesmo a marca, salvo erro). O conceito está engraçado: é um brinquedo de borracha muito forte, que dá para encher de guloseimas ou de uma pasta própria e que, portanto, garante ali um valente pedaço de tempo de entretenimento para o cão. Ora isto, para cães que ficam em casa o dia todo, pode significar a diferença entre o dono chegar a casa e ver qualquer coisinha destruída ou muuuuitas coisinhas destruídas.

A grande dificuldade de encomendar pela Net - e sobretudo fora da Europa - são os portes. E depois os custos de alfândega. Ainda tentei comprar o tal brinquedito num site americano, mas ia fazendo o order track e as coisas estavam sempre a ser devolvidas ao remetente... acabaram por me fazer um reembolso e nada de KONG pá Pipa.

Eis senão quando... um site português com comida e artigos para animais! E... com KONG's (quase toda a colecção) à venda! ... bolas, andei eu de um lado para o outro na Net em sites estrangeiros e o http://www.petness.pt/ mesmo aqui ao lado...

O pessoal da petness é impecável, o atendimento é super personalizado e ainda por cima podemos ir buscar a encomenda aos spotness e poupar os gastos de envio.


O melhor de tudo: os KONG são baratíssimos, comparativamente ao que já vi por aí em muita loja de animais... numa dela, vi um KONG pequeno à venda por... 20 e poucos euros! A petness.pt pratica basicamente os mesmos preços que vi em sites dos EUA. Vale a pena!!
Já agora, vejam mais sobre os KONG em www.kongcompany.com

Pipa's promise! AUF!


segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Cão azul - Nuno Markl

Que giro, este site: http://www.caoazul.com/.
As t-shirts são de partir a rir... e as dos cães estão demais.
Vejam estas duas:



domingo, 3 de agosto de 2008

O meu brinquedo preferido...

... é, obviamente, este osso lindo, que foi um presente da Mimi.
Faz barulho e tudo! Horas de divertimento para mim e para os ouvidos dos meus donos. :)


sábado, 2 de agosto de 2008

Passeio no jardim pequenino...


... que todos os dias perde segredos para mim.
Parece que agora já não é suposto fazer xixis e números 2 no jornal.
Vai daí, tenho vindo com bastante frequência a esta espécie de "mini-passeios". Há passeios maiores e mais elaborados. De manhã, vou com a Pastor-Alemão (ou é ela que vai comigo?) fazer uma caminhada aqui na zona. Ósdespois há dias em que vou para o Parque, que é enorme, tem patos e lagos e um relvado fabulástico (onde não são permitidos cães, mas até acho bem, porque há sempre lá gente a fazer uns exercícios chamados abdmoninais, que é para ficar com a barriga para dentro, ao que parece... este pessal não imagina que bom, bom, bom, é esfregar a barriga na relva acabadinha de regar...).

Bem, mas nestes passeios pequeninos há alguns momentos obrigatórios dignos de nota:


... o momento em que, ainda dentro do prédio, eu decido que não é a melhor altura para ir à rua...

... o momento em que fico nesta posição em cima do banco de jardim,
só a ver as vistas, e depois não quero sair de lá (vá-se lá saber porquê)...


... o momento em que insisto em subir (desde pequenina) para cima de tudo o quanto é murito,
degrau, declive no terreno, só pelo prazer de lá estar em cima...

... o momento em que sou apanhada com a boca cheia de relva...

...o momento em que tento com todas as forças chegar aquela pocinha de lama deliciosa que está na parte superior da foto (que já me valeu uns banhos valentes de chuveiro...mas qual é o mal de me rebolar na poça de lama, qual é o mal de comer lama, explicam-me?!?!)...