Sign my guestbook, pawease!! :)

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Gosto de passear à noite (e de fazer luta livre com a trela)

Pois é.
Giro, giro, giro, giro, mas mêmo giro, é sair à noite à rua e, no final, subir para cima de um patamar de cimento que prezo muito e brincar com o meu dono, de uma forma dedicada, mas sobretudo, totalmente desgovernada.
Ando às voltas em cima do patamar, tento morder o meu dono (o Grand Danois gosta muito de me ver correr, absolutamente destrambelhada, de um lado para o outro, ri-se à brava.... não percebo porquê...), ele empurra-me, brincamos muito e depois, no fim, numa apoteose avassaladora, ele deixa-me brincar sozinha com a minha trela de 10 metros (sim, 10 metros... a Pastor-Alemão depois explica-vos, num daqueles posts entediantes sobre coisas caninas que ela costuma pôr aqui... dão-me cá um sono...).
Eu até tenho uma relação pacífica, de verdadeiro compromisso, com a trela-vermelha-dos-10-metros. É muito melhor que outra, demasiado curtinha, que os meus donos usam. Com a trela-vermelha-dos-10-metros, eu posso correr mais, andar mais e explorar mais. Não percebo porque é que não me soltam, era mais fácil... eu sei que desato a correr como se não houvesse amanhã e depois é muito difícil apanhar-me, mas booolas... correr fazia-lhes bem! De qualquer forma, eu já fico contente de ver a figura de tótós que os meus donos fazem, com uma trela de 10 metros toda enrolada na mão, e ainda por cima VERMELHA. Ehehehehehe... sobretudo quando eu me sento,levanto,corro e paro, quase tudo ao mesmo tempo e fico completamente embrulhada na trela e nos pés deles... um fartote.
Isto de ser dono não deve ser fácil. Ainda bem que eu sou o cão.
Bem, atentem na reportagem fotográfica:



... eu até estava sossegada, o Grand Danois é que me provocou, viram, viram?!?!...

... corro às voltas e às voltas e às voltas e às voltas, até ficar tonta...

... e mais voltas e mais voltas e mais voltas e.....

... faço luta livre com a trela até lhe mostrar quem manda...


... ganhei! ganhei!... agora tou é toda embrulhada... ó diabo...


... cof cof... se alguém pudesse vir aqui desenrolar-me, era porreiro, pá...


... eh, pá, preciso mesmo de descansar... acho que me tá a doer a cabeça...

Sem comentários: